BNDES cria fundo para investir em startups brasileiras

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai atuar como coinvestidor anjo em startups brasileiras que tenham faturamento anual de até R$ 1 milhão. O Fundo de Coinvestimento Anjo vai investir basicamente em negócios ligados à inovação, com possibilidade de selecionar as melhores startups para uma segunda rodada de captação.

As empresas poderão receber investimento de até R$ 500 mil, desde que seja conjunto, na mesma proporção, ao de um investidor-anjo e/ou aceleradora.

Criado pela BNDESPar, braço de participações societárias do banco, o fundo investirá prioritariamente nos setores de agronegócios, biotecnologia, cidades inteligentes, economia criativa, nanotecnologia, novos materiais, saúde e tecnologias da informação e comunicação (TIC). Ele terá duração de dez anos e patrimônio comprometido em R$ 100 milhões. O fundo será constituído ao atingir R$ 60 milhões. O BNDESPar entrará com R$ 40 milhões e o restante dos recursos será captado com outros investidores.

O edital, lançado nesta terça-feira (14/11), informa que empresas interessadas em participar devem enviar suas propostas até 12 de janeiro de 2018 para www.bndes.gov.br/fundoanjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest